Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

29
Nov20

Harmonia novelesca

Rita Pirolita
O Natal está a chegar, menos de um mês falta, todos desejam frio para cumprir o uso da lareira e se não houver, será meio-Natal?!

Na serra talvez uns farrapos malucos ao vento que cobrem tudo de tom branco neve, sabem do tom que estou a falar? 

Não tão alvo como a roupa que o OMO lava mais branco mas também não tão sujo como casca de ovo ou amarelinho-mijo, branco o suficiente para ferir os olhos quando o sol lhe bate, compõe o ramalhete da cena a manta nas pernas, o gato a dormir aos pés, o livro do ano passado, ver um filme de Natal que passa há 20 anos consecutivos por esta altura!

Será para mim um dia como tantos outros, sem filhos nem família, porque não tenho nem uns nem outra!

Já começo a sentir um mórbido deleite em espreitar imagens de harmonia novelesca para não me sentir tão fora deste mundo, ouvir de quando em vez um coro de sinos na TV, uma música que não seja gritada demais em vibratos e falsetes, hossanas em igreja, ver anúncios estrelados com molduras esfumadas de neve, chocolates, carros e jóias e para terminar, não comer bacalhau, perú, rabanadas, azevias, sonhos ou bolo-rei...

Ou pensavam que também não ia celebrar esta época um pouco à minha maneira? Não celebrando! 

 
13
Dez19

Big Bang no buraco negro

Rita Pirolita
 
 

Toda a gente inteligente com mais de 3 anos de idade se questiona sobre o Universo, outros morrem sem mesmo questionar a sua existência.

Como e quando surgiu? 
Existirá desde sempre ou teve um início e vai ter um fim?

Tenho cá para mim que o Universo não nasceu nem vai morrer, se não existe o passado de um princípio não pode por isso haver um futuro com fim, o que não nasce também não pode morrer, tudo é imortal, nada desaparece, só a forma muda, serão eternos os pensamentos?...

Não sou nenhum génio da astrofísica ou astronomia, nas minhas limitações de ser humano não consigo imaginar nada sem referências, sem passado e início, sem projecções e desaparecimento mas que o infinito existe sem existir, ai isso existe e está para ficar para a eternidade!

As cores não existem sem luz e isso é válido para muitas outras coisas que nem vemos que existem por serem enormes como o Universo ou pequenas demais como os ácaros. 
E nós? Será que existimos como nos vemos, pensamos ou imaginamos? Somos apenas um sonho?
Será que tudo está organizado e tem um propósito?

O caos cria o cosmos e vice versa.
Estamos rodeados de meteoritos, estrelas cadentes, colisões, explosões, luz e escuridão, tempo e espaço, buracos negros...
Será que tudo isto sabe o que anda a fazer e para onde vai? Eu muitas vezes não sei mas a perdição é catártica!

O Universo resulta de uma explosão ou de uma aglomeração de matéria? 
Eu prefiro a teoria do espalha-brasas mas isso dá-me os números vencedores do euro-milhões?...Não!

Em alguma altura gostaria de sentir que a velocidade do tempo anula o espaço e que há espaço sem tempo, ser omnipresente para não gastar tanto dinheiro em viagens, omnipotente para meter os maus em buracos negros e os bons parti-los ao meio para fazer dois e omnisciente para saber que o planeta terra não seria o melhor sítio para constituir família.

O símbolo do infinito (∞) já de si é uma pescadinha de rabo na boca, um ovo que não se sabe se caiu primeiro do cu da galinha ou se a galinha saiu primeiro do ovo.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub