Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

07
Ago20

Nunca fui ao Rock in Rio

Rita Pirolita

Nunca fui ao Rock in Rio e a muitos outros festivais, não tenho paciência para tantas capelinhas!

Não vou comer pó de graça e pagar caro por uma água, cerveja ou comida, nem pensar e como não dá para levar marmita...

Prefiro recordar uma boa voz gravada em vez de quase não ouvir ou ver nada num palco distante.

A extinta Feira Popular foi o meu primeiro festival de música.  
Pagávamos entrada para ir de propósito à casa dos espelhos dávamos um saltinho ao poço da morte e acabávamos a comer umas sardinhas e algodão-doce, sempre depois da tarântula ou da montanha russa para evitar o vomito...ah e ouviam-se todos os hits da moda nos carrinhos-de-choque. 
Depous da ramboia dormia-se bem disposta, agarrada ao prémio da pontaria dessa noite, urso, girafa ou sapo zarolho e nunca trazias brindes inúteis para casa.

07
Abr20

Selecção natural

Rita Pirolita

Trabalhei e fui espectadora em muitos festivais, vi cenas degradantes e ouvi boa e má música.

Como não consumo drogas a minha sobriedade careta de pura adrenalina incomodava alguns e fazia-me sentir única e só no meio de tanta gente que não aproveitava quase nada por estar em transe constante, bêbeda ou em coma. 
Cada um com as memórias que merece, as minhas são definitivamente muitas e boas. 

Vive e deixa a selecção natural funcionar, desde que não te pisem os calos ou vomitem em cima!

30
Mai19

Vida bucólica

Rita Pirolita
 
A moda rastafari está muito disseminada pelos festivais e costa vicentina, local calmo de planícies e praias desertas onde apetece praticar o amor e não a guerra, ouvir reggae o dia todo, enrolar ganzas de meia em meia hora e fumá-las de quinze em quinze minutos.

Adultos jovens, vestem roupas largas e confortáveis de cores térreas e motivos da natureza, por mais que digam que lavam o cabelo e até acredito que o façam, não se penteiam, por isso sempre um grão de quinoa do almoço que resolve aninhar-se nos dreadlocks, look mais natural que este não nas redondezas.

Andam sempre em festivais, têm casa à beira mar, herança dos avós, onde passam a maioria do tempo em contemplação, ócio e tertúlias sobre chamon, não trabalham, não por falta de vontade mas porque todos sabemos que a taxa de desemprego no nosso país é muito elevada e no interior é um horror, campos abandonados e aldeias inteiras desertas!...
Quem paga isto tudo?

Estes meninos, muito crescidos para andarem de skate e a brincar aos pobrezinhos, não vivem de ganza, que até dá bué fome.

Ora bem, a casa para ser de graça alguém a teve que pagar e alguém a continua a manter, mais, quem paga a droga, a comida, o carro, a gasolina, os bilhetes dos festivais, a prancha e o fato de surf, o skate, as pulseiras de missangas, o didgeridoo original vindo da Austrália, os djembés do Brasil, a viola, o vinho, a cerveja, as bolsas e sandálias de couro de quem não come carne ou come às escondidas, mas lhe veste as peles...seus falsos vegans!, o cão de marca, o período que passam como ocupas com nuestros hermanos em Barcelona, a vida de quem clama por liberdade no contacto com a natureza enquando se agarram à ganza, ao vinho e à cerveja que nem lapas???

São os pais e as tias benzocas que vivem lá em Lisboa nas avenidas, que sustentam isto tudo e depois dizem às amigas que têm uns netos preciosos que estão a cuidar da casa de campo da família, fugiram do reboliço da cidade e foram à procura de uma vida mais calma e saudável, abdicaram dos bens materiais e dedicaram-se à permacultura...tudo por um mundo melhor!...A bem dizer, que seja deles e pago pelos outros.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub