Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

15
Jul20

Tribo

Rita Pirolita
Numa volta pela Cova do Vapor passei pelos parques de campismo da Costa de Caparica, uns mais finos, o do Inatel, outros mais tipo trailer park, pejados de retornados e emigrantes sem família de acolhimento. Encontram aqui o calor de uma comunidade onde vivem como sardinha enlatada de forma provisória-permanente, à beira de caminhos poeirentos, esgotos mal fechados, fossas mal abertas, restaurantes de vão de estrada, tudo à beira-praia nos locais mais cobiçados pelos patos bravos das vias-rápidas e hotéis, que assim que começarem a mexer entulho e refinar bagulho, vai tudo corrido por tuta e meia com a coisa da mãe às costas, porque a voz dos pobres não se levanta mais alto que o dinheiro dos ricos!

Eu sei que a maioria, os cagões da classe média, que viveram em prédios nos subúrbios mais baratos, anseiam por vivendas em condomínio privado com as fuças o mais possivel na aguinha salgada mas eu sou sincera, não me abandonou a sensação de conforto e protecção da tribo, da família estendida aos vizinhos, ao revisitar locais que ainda mantêm o espirito de clã, senti-me com toda a sinceridade mais em casa e mais gaiata de vida vivida, que ao passar por locais de mansões fechadas, por ruas e becos vazios, jardins impecáveis, árvores aparadas, piscinas tapadas e carros arrumadinhos na garagem! 

Sentir o sangue de gente pirosa, o bairrismo, não aquele cliché de Alfama, o café central, o mini-mercado da esquina, os pescadores encostados de mini na mão, os recentes turistas que deambulam, baralhados talvez com imberbes sinais de protecção de dunas naturais, com vestígios de entulho despejado noutros tempos, à mistura com lixo que vem do ar e do mar e cagalhões que vêm do cu dos cães, são do bairro, ficam no bairro.

Gente feia e escura como breu, desdentada, com piercings e tattoos, muito cool, campo da bola e parque infantil ao lado do muro onde giranda a ganza, cabelos ainda oxigenados, calças e blusões de ganga ainda debotados, botas de trabalho, berros de chamamento de vogal aberta e prolongada! 

Se bem me lembro e lembro muito bem, vivi mais feliz num local parecido, de pó e terra batida, de vizinhos feios com hortas, alguns não tomavam banho, outros praguejavam mas aos nossos olhos éramos todos normais, nem feios nem bonitos, nem ricos nem pobres, nem simpáticos nem intratáveis, cada um sabia lidar com cada qual! 

Éramos de sangue distante mas próximos nas veias e suor, nas rixas e discussões! Não gostávamos que alguém deitasse abaixo o nosso clube, a nossa rua, as nossas crianças, a nossa escola ou igreja, o nosso café era a segunda casa, a mercearia a terceira que fiava, na rua tudo se sabia, ao jantar tudo se fechava e silenciava, só se ouvia o barulho dos talheres a bater nos pratos e a telefonia de fundo, sintonizada numa estação portuguesa com certeza!

Era aqui que me sentia bem e recordo toda a familiaridade quando visito estes bairros, com alma e carisma, com lixo e cheiro humano, cães rafeiros e poeirentos, mercedes e audis escafiados mas a rolar.

Os bairros dos ricos têm cheiro a mofo, dinheiro estagnado, riqueza estável, não sobe nem desce, a mão da empregada limpa o limpo e morto até ao fim-de-semana em que os gordurosos donos se arrastam para a piscina, de musgo morto e relva aparada!

Tenho tempo para não sentir a vida, se ficar uma rica normal, for uma pobre anormal ou com toda a certeza quando morrer!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub