Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

18
Out19

Encontros gourmet

Rita Pirolita
 


Hoje em dia já não sei como se processam os primeiros encontros de pessoas adultasnem sempre maduras e responsáveis…isso não interessa!
Vou arriscar imaginar um primeiro jantar nos dias de hoje de um casal que pode ser hetero, homo…isso também não interessa!

Para impressionar, combina-se jantar num restaurante gourmet com Chef de nome francês, se não tiver estrelas Michelin tanto melhor, tem a mesma qualidade ou até é melhor e poupas 5 euros na conta final, sempre dá para o pequeno almoço!

Tens pratos do tamanho de folhas de nenúfar e talheres que não vais usar
Prepara-te para usar a visão e o olfato durante 5 segundos e o paladar durante 3.

O Chef vem à mesa quando vais a meio da refeição, ou seja passado um segundo, dizer que tudo é feito com produtos frescos e muito amor, mentira! 
A comida é enlatada ou já está preparada desde o dia anterior, metida no frigorífico à espera de pacóvios como vocês para jantar. Digo isto com conhecimento de causa, há alguns anos atrás, um amigo meu trabalhava numa das pizzerias mais caras de Lisboa, o estranho é que ele não percebia nada de cozinha e era precisamente onde estava... tinha que tirar as lasagnas do Lidl do congelador e parti-las ao meio para fazer 2 doses!  Assim também eu!

A equipa maravilha está ali para os servir e proporcionar experiências inesquecíveis, quando os únicos no restaurante são o empregado e o Chef.

Além de pouca comida não podes rapar o prato, parece mal, por isso conta comer dois terços do que foi servido, se tiveres azar a única ervilha do prato que tentas apanhar com o garfo sai disparada e aterra na mesa ao lado porque está crua!...

Com pouco no estômago fica-se bêbedo com dois copos de vinho comprado no Aldi e que no restaurante custam tanto como 30 garrafas.

Estes jantares demoram pouco tempo, não mancham a roupa e deixam o estômago e a carteira vazios.

 

Pagas, não arrotas porque é má educação e não acabaste de comer como gente.  
Podes esquecer o nome do restaurante sem sentimentos de culpa, não é daqueles sítios que se recomendem ao melhor amigo, para inimigos.

Na saída, sorriso 33 de quem foi enganado uma vez e não volta a cair na esparrela.

Como não se vai repetir esta experiência inolvidável, não vais sofrer de má nutrição, alguma fraqueza é certo mas animaditos pelo vinho, não risco de flatulência que interfira com o sexo e que parece sempre mal num primeiro encontro, passam assim por seres que não se peidam em situação alguma até ao fim da vida.

Confesso que a refeição que mais me encheu a alma até hoje foi um pão alentejano e uma lata de atum a dividir com o moço, dentro do carro, a ver o pôr-do-sol algures na costa alentejana.  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub