Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

09
Ago20

Casar sem gastar tostão

Rita Pirolita
Quem se está a preparar para dar um passo tão importante na vida como o casamento não deixe de ler este artigo de opinião, será de grande valor acrescentado! 
Para mim casar é como ir ao circo e não gostar de palhaços.
Vou resumir em algumas sentenças sábias o que vi ao longo da vida:
As noivas chegam sempre ao memorável dia a dizer - 'Estou tão cansada!', se é assim para quê casar? 
É o catering! A banda! O fotógrafo! O padre! A decoração da igreja e do copo de água! Não faço puta ideia porque se chama assim? Imagino sempre os convidados a comer, beber e dançar todos nus, enfiados numa piscina gigante em forma de taça.
"Less but not least"...O VESTIDO!!!
Para quê gastar um balúrdio numa indumentária que depois não dá para ir a funerais ou baptizados, nem ao centro comercial, que vai fazer comichão o dia todo, que não deixa respirar, porque não é o vestido que deve estar à medida da noiva, a noiva é que se deve enfiar nele. Com sorte até ao memorável dia não engorda e a coisa até corre bem, mas depois da lua-de-mel...cortado em quadradinhos serve para limpar coisas delicadas
Normalmente o noivo, anda mais ocupado a organizar a despedida de solteiro. Onde? Em Espanha? Vai ter romenas e brasileiras?
Para que a coisa não seja pobretanas que com sorte o pessoal não se divorcia e volta a casar, haja alguém que pague isto tudo e quem são eles? Os pais e os convidados, os pais infelizmente não podemos escolher ficamos com o que nos calhou na rifa da vida, quanto aos convidados, escolher sempre os que têm graveto claro, quais amigos íntimos e familiares, muitas vezes estão chateados, não se falam e se não forem ainda melhor, não confusão nem trombas.
Tudo isto para ir de lua-de-mel para um sítio barato e ranhoso como a República Dominicana, assim sobra mais dinheiro para a criança que virá de certeza a caminho.
O que levas do registo civil como prova é um pedaço de papel A4 ranhoso que não acrescenta amor para além do que existe ou nunca existiu!

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub