Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

22
Set19

A reforma reformulada

Rita Pirolita
 
Os que ainda não chegaram à reforma andam muito preocupados em reformular o sentido dessa fase, a terceira idade.
Não querem passar por preguiçosos desanimados e planeiam fazer tudo o que não tiveram tempo para fazer.
Não se esqueçam que isso inclui as doenças todas que não tiveram por serem mais novos e não terem tempo para ficar de cama nem com uma gripe. 

Fazer muito exercício, baixar o colesterol e os triglicerídos. Depois de andarem mais de 50 anos a comer mal querem corrigir tudo no primeiro ano de aposento, quando o metabolismo contraria tudo e todos. 

Os reformados pelo contrário não os vejo tão preocupados com o seu estado, até porque estão entretidos a fazer o melhor bolo com a pouca farinha que têm.
 
Os 'activos desempregados' estão na idade de poder trabalhar mas ninguém os quer porque já são 'velhos', ficam no limbo à espera de nada e sem ordenado, a fazerem da sua principal actividade, o envio de currículos em frente a um computador. 
Já não acreditam que vão conseguir emprego e já não têm idade para jogar como o Ronaldo, trabalhar nas obras ou carregar móveis porque as hérnias já se instalaram, os ossos doem com a ameaça de chuva e a paciência está esgotada com um subsidio que não dá para nada e não dura para sempre.  
 
Além de tudo isto têm que se mostrar activos, não deprimidos e confiantes no futuro.
Se a vossa realidade é esta, imaginem o ânimo quando chegarem à idade de fazer népia, com mais maleitas ainda...
 
Por essa altura já não têm que fingir, podem dormir até tarde, ter diabetes, demência, esquecimento, mandar vir com os mais chatos ou não lhes ligar nenhuma, só ouvir o que convém, comer e beber o que apetecer, estar à beira das passadeiras uma manhã inteira a ameaçar atravessar e fazer parar todos os carros, andar desdentado com a placa no bolso embrulhada em papel higiênico, beber um bagaço de manhã e viajar ao passado, sentado num banco de jardim, porque têm tempo de sobra...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub