Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

31
Ago21

Normalização

Rita Pirolita

A normalização da obesidade ou da magreza extrema é a normalização de péssimos hábitos alimentares, quem por suas mãos engordou ou emagreceu por suas mãos deve conseguir o equilíbrio, pena que as pessoas sejam educadas a amar a merda que fazem e não aquilo que conquistam. A desresponsabilização do nosso bem estar traz adoração aos extremos, não se deixem normalizar, sejam diferentes no equilíbrio da vossa imperfeição! Mudanças de sexo são negações do corpo, mutilações ou acrescentos artificiais devem ser tratados e não normalizados, causam sofrimento. Preocupa-me que as pessoas necessitem apenas de um catálogo para se definir que deve ser exposto como montra de escolha! Descubram-se e deixem que os outros vos descubram, as definições encerram-vos, tornam-vos previsíveis e sem alma!

28
Ago21

Emocionada

Rita Pirolita

Fico deveras emocionada quando o amor surge no virtual, o vosso círculo de amigos não deve prestar mas foram vocês que o escolheram ou não se conseguem relacionar com ninguém nem têm capacidade para atrair gente de jeito, se escolheram mal as amizades na vida real, não esperem escolher melhor o amor no virtual!

26
Ago21

Génios

Rita Pirolita

Provavelmente a maioria de nós fomos crianças com hiperactividade e déficit de atenção, não fomos foi diagnosticados e fomos acompanhados por chinelo, réguadas e colher-de-pau.
Não fazia parte da infância ser quieto e concentrado, só agora é que faz com pais em negação numa primeira fase e depois com os mesmos pais orgulhosos mas queixosos que os filhos têm necessidades especiais e deviam ser acompanhados por serem mais diferentes que os outros! Pobres pais que deixam que lhes incutam ideias que só trazem sofrimento e barreiras ao saudável desenvolvimento dos filhos! Não somos todos diferentes? Uns mais lentos, outros mais espevitados e depois existem os génios, nasce um em cada mil anos, pouca probabilidade de ser um dos vossos filhos! Pensem nisto, normalizem a infância e sejam mais felizes e descontraídos!

22
Ago21

Mostarda e canela

Rita Pirolita

Seria imensamente feliz se não adviessem consequências graves, incluindo a morte, do prazeroso (apenas para mim) acto de comer mostarda e canela à colher, separadamente entenda-se!

18
Ago21

Nem Santa, nem Diaba

Rita Pirolita

Menina bonita que quer casar e ter filhos, filha de pais modestos, muito modestos e humildes operários da defunta indústria portuguesa, reencontra após a faculdade, rapaz beto que frequentou a mesma escola secundária, imagina que sempre esteve apaixonada por ele, ele não sabe que namoram, ela diz que sim, tem um outro namorado rico desde há muito, embora ele um principe que ama outra princesa, ela impõe a sua presença sem estatuto, procura riqueza e amor num mesmo pote, não percebe que o amor é a única riqueza plausível para quem é simples, não acredita no amor e uma cabana, anseia sim a mansão com amor por acréscimo, ó mulher parva que crê na vida perfeita, imagino agora que tenha riqueza e acredite que é amada e que ama. Descreveu-me ela ao moço quando o queria para ela, por pensar erradamente que era rico, como mulher perdida, à deriva, sem eira nem beira, ele interessou-se por conhecer quem como ele não queria casar ou ter filhos, apenas rolar a vida para o que der e vier, não lhe prometi nada e tudo em geral, sou tudo e nada, livre nos sonhos, nos afectos, ele gostou e declarou-se, tentativa de um futuro por preencher que por isso até agora não falhou, tudo é uma questão de perspectiva e imaginação, ela imagina que não vendeu a alma ao Diabo, eu não vendi mas também tenho a certeza que não sou santa e apenas sou amada da melhor maneira exclusivamente por mim própria!
Dedica-se a mulher tonta aos filhos, à mansão, às férias em Vilamoura e a um coelho que exige pouco compromisso, se fugir acabou-se e morre ali a dedicação com apenas uma lágrima, o companheiro nunca participa nos seus vídeos do Insta, dedicados à sua auto-imposta inclinação de astróloga e DJ caseira, sinto o ridículo em toda a sua exposição, já pensei confrontar as suas falsas declarações que nada têm a ver com o nada inocente feitio que sempre conheci, ninguém muda assim ou se nasce bom ou se morre mau, é uma mulher de louça, bonita por fora mas tão oca e frágil, não está na minha natureza humilhar, não vou salvar ninguém de estar ao seu alcance porque todos os que a rodeiam são do mesmo barro, nada se destrói mas também nada se constrói, ficam na mesma, seres que pensam ser evoluidos sem sair do lugar! Enfim, morreremos todos, uns de ventre entumescido, outros de alma insustentalvelmente leve!

18
Ago21

Proveito Senhor

Rita Pirolita

Só para vos dizer que o momento alto desta semana foi dar colo a três cabritinhos lindos de um pastor que meteu conversa, ofereci-lhe um copo de tinto e deixei-lhe duas garrafas de vinho por abrir! Proveito Senhor!

11
Ago21

Memórias virgens

Rita Pirolita

Onde me poderia sentir em casa? Em todos os sítios perto do mar, na montanha ou na planície menos onde tenha vivido, a minha casa é muito feia e feita de más recordações por isso só sou livre, feliz e menos ansiosa em sítios virgens de memórias minhas!

07
Ago21

Mente sem bisturi

Rita Pirolita

Corta aqui, aumenta ali, acrescenta, tira...
Há alguém original ainda por aí?

Existe uma pressa enorme de viver o que se vê e deseja, ninguém quer investir na aceitação e evolução, só numa aparência física imediata para se ser desejado e nada amado, já ninguém quer amor e sim atenção, 'Quer voar? Venha à nossa clínica que lhe implantamos umas asas!!!'

Depois é só acreditar na sensação de voo e estatelam-se no chão!

Parece-me que o alvo de tratamento devia ser a mente sem bisturi!

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub