Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos e Descontos

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Autora esporádica de contos e descontos escritos a tempo inteiro

Contos e Descontos

29
Dez20

Sem férias

Rita Pirolita

Quem se gaba de não tirar férias há anos é para mostrar exactamente o quê? Que trabalha mais que os outros, que é o cúmulo do profissionalismo e dedicação, que é mais empreendedor e competitivo, pensa que vai ficar rico?...
Desculpem mas para mim nunca seria motivo de orgulho!

27
Dez20

Desejos para 2021

Rita Pirolita
Resoluções, desejos, promessas ou planos para o ano que entra... 
Todos os anos se repete a mesma treta para os que ainda por cá andam. 
Fazemos promessas que sabemos não vamos fazer esforço nenhum para cumprir, são apenas epifanias de desejos tão profundos que são quase impossíveis de realizar, a não ser com uma grande dose de vontade. 
Não seria então melhor resumir tudo a um plano, força de vontade? 
Não sermos amorfos preguiçosos que se deixam arrastar pela escravidão do trabalho, pelos amigos peganhentos, por pessoas que nos cumprimentam com mão de alforreca e lambuzam a bochecha com saliva, que nos avisam para nos intimidar, que nos tiram o sol do entusiasmo, a euforia da paixão, a alegria da solidão... 
Não será melhor prometer que vamos ficar distantes de tóxicos e negativos ares, de gente que nunca cumpre resoluções de cada ano da sua vida que passa e recomeça?... 
Pensando melhor, não seria mais saudável fazer destes momentos anuais, momentos diários de séria descontração com felicidade que não perdoe adiamento nem esquecimento?...
Não seria melhor deixar de acreditar num gajo vestido de Coca-Cola que nos traz prendas de graça, em cuecas azuis, passas comidas em equilíbrio no pé direito em cima de uma cadeira com uma nota na mão, a garrafa de champanhe na outra e não sobrarem mãos para abrir a garrafa, quanto mais coçar um olho... 
Não fazer da paz e bondade, voluntárias à força na nossa vida, deixar de repetir que não nos arrependemos de nada, só para não morrermos de vergonha ao assumir a tanta merda que fizemos e vamos voltar a repetir, para nunca assumirmos nada e ocupar o vazio com queixas, a sacudir a responsabilidade. Malvado destino que cai do céu para castigo e nunca resultado das nossas acções e decisões!
É mais fácil a lamúria dos remediados que o silêncio dos pobres.
Bom 2021 para quem lhe sobreviver, para quem morrer, pelo menos que tenha contribuído para um mundo melhor, quanto mais não seja com o seu desaparecimento da face da terra!
Só mais um pedido, por favor não vão à cona às primas na noite de passagem de ano, já temos muita gente maluca no mundo a dizer - 'Se 2021 não for melhor, pelo menos que seja igual e nunca pior que 2020'! Yada, yada, yada...

26
Dez20

Órfã de mundo

Rita Pirolita

Conversa de café:
A Câmara de Almada está a suspender apoio social porque ficou nas lonas com mil metros de alcatrão que colocou na Fonte da Telha, obra que estava à espera fosse financiada mas que entretanto foi embargada!

O que me preocupa aqui é que vem da cabeça e boca de pessoas com idade para serem meus pais e eu já faço 50, acreditam nestas mentiras e continuam a votar e a dar palco a quem os rouba!

Percebo que sejam fiéis a quem lhes paga reformas mas continuarão a ser pagas enquanto houver que chegue também para roubar, num futuro mais próximo do que muitos pensam poucos vão ter direito a quase nada e não é pela treta que vendem que há menos jovens a trabalhar para o que se gasta com a população em idade de reforma, não é isso que arruina o sistema, não 'salvassem' BES, TAP e tudo o mais a ver se não vivíamos todos muito melhor, sem vislumbre de pobreza até?!

Esperava lucidez e sabedoria dos mais velhos e sinto-me tão órfã de um mundo melhor!

25
Dez20

Reciclagem do desperdício

Rita Pirolita

E então, tudo contente com as prendinhas? 
A roupinha feita por crianças do Bangladesh e Vietnam, sapatilha e maloca da China feitas por escravos, brinquedos para os putos com materiais tóxicos e poluentes... 
Depois fazem campanhas para reciclagem do papel de embrulho! 

25
Dez20

Celebrar

Rita Pirolita
Ontem não celebrei tradicionalmente o Natal, não fiz a árvore, fez a sogra, não me juntei com a família que não tenho, só com a possível, não comi bacalhau, polvo ou perú, porque ainda não foram promovidos a alimentos vegan mas comi os acompanhamentos, não comprei coisas doces nem a título de excepção, não toquei em chocolate porque não aprecio e não fiquei acordada à espera de um Pai Natal que nunca vem, não traz nada de graça nem mesmo felicidade!

Ontem fiz o que faço todos os dias, celebrei a vida em paz sem me chatear ou cansar...muito!
25
Dez20

O dia a seguir à noite de Natal!

Rita Pirolita
O dia de Natal é passado a fazer coisas tão palermas e sem sentido como a nossa existência! 
Depois de uma ceia em que se andou a Guronsan e chazinhos durante a noite, em que todos acordam a rebolar em vez de andar, com polvo a marinhar pelas entranhas, sal a entupir veias, doces a fazer diabéticos a cada dentada, ácido úrico em forma de camarão ou garrafa, cabeça azamboada da mistura volátil e a recordar em loop as discussões e stress típicos de ajuntamentos familiares forçados e esporádicos...recordam-se heranças roubadas, dívidas de décadas nunca saldadas, ajudas cobradas ou mal agradecidas, funerais desejados em rezas de Voodoo, acusações a tios sovinas e maus como as cobras que custaram a morrer e a largar o graveto ou elogios a parentes fofos e doces como algodão que partiram cedo demais e deixaram apenas um par de cuecas cagadas! 
Nem todos que morrem viram santos, embora os maus que partem contribuam para que o mundo fique melhor.
Não vou falar de filmes como Música no Coração ou Sozinho em Casa, fósseis que já deviam estar num museu com impossibilidade total de visualização!
Reciclagem? Pôr tudo no mesmo saco e não separar lixo nenhum, não há tempo nem paciência, além de que fazemos isso o ano todo e não o fazer num dos dias em que se produz mais merda...não será pecado.
Passar pelo menos uma semana a comer roupa-velha, até de rabanadas e azevias, enfiar fatias grossas de bolo-rei rijo que nem um calhau na torradeira, para ficar ainda mais rijo e amaciar-lhe o sebo com manteiga.
Limpar a casa...é pecado até em pensamento, pelo menos até ao dia de Reis.
No próprio dia do nascimento do Salvador, vai-se ao beija-mão, a fazer de Rei Mago motorizado, visitar amigos mais chegados ou os ex-sogros, que querem ver o netinho rechonchudo e malcriado e dar-lhe o envelope com uma notita, porque hoje em dia já não se sabe o que os miúdos querem, dois chapadões na tromba de vez em quando...também assentam bem!
Depois de um par de dias tão produtivos, chega-se a casa para lá da meia noite com uma dor de corpo e entorpecimento na alma, em preparação para o trabucar do dia a seguir, que mais vai parecer escravatura.
Lá volta tudo ao mesmo e para o ano há mais.
Saímos sempre destas épocas como sobreviventes de guerra, a pensar que somos uns anjos por termos aturado tanta aberração mas não, apenas nos prestamos ao culto da hipocrisia, no fundo é como as pessoas boas e más, nunca mudam, refinam!
Até para o ano...mais refinados que finados!
25
Dez20

Matem o meu vizinho

Rita Pirolita

Para quem ainda está a sofrer com o massacre de prendas barulhentas oferecidas aos miúdos tais como, baterias, órgãos, cornetas, flautas, trompetes, karaokes, pandeiretas...a minha solidariedade para todos vós mas entretanto alguém pode vir matar o meu vizinho do lado que ainda não parou de cortar a relva? Deve ser um infeliz, nem neste dia consegue aturar a família!

24
Dez20

Náusea

Rita Pirolita

Náuseas por alguém apoiar uma 'cor' política diferente da nossa também não é uma forma de racismo e discriminação? Onde fica o conceito de pluralidade, já para não falar no de democracia?

Existe um ódio inerente na 'náusea' relativamente a ideias diferentes...a pessoa pode dizer que discorda apenas, não compreende mas aceita, partidos oportunistas servem como alternativa ao populismo e não como verdadeira proposta de governação democrática.

Acho ridícula a figura que todos os partidos da direita à esquerda fazem em se odiarem em vez de colaborarem para um bem comum! Partido quer dizer 'tomar parte de' e devia ser mais 'fazer parte de' um todo!

A discriminação em vez de ser combatida é adensada com atitudes paternalistas de ver fobias em tudo, a sociedade do medo provoca cisões!

Acima de tudo defendam os direitos humanos sem olhar a raças ou credos!

Todos defendem na cartilha porque estando no poder há tanto tempo só desgovernaram o país, assim que se apanham no poder são iguais, a humanidade sempre foi assim ia agora mudar? Temos é que admitir e deixar de andar com 'náuseas' hipócritas!

Náusea tenho sim de quem mata, viola crianças ou como líder deixa o seu povo morrer na pobreza e Portugal está tão pobre de conceitos e a desgraça aumenta!

Gosto de descobrir que ainda há espaço para discursos de tolerância, no fundo pessoas sensatas acabam por concordar em muita coisa e o que realmente me preocupa é a alienação, o medo que domina e a falta de lucidez e autodeterminação! 

24
Dez20

Natal disfuncional

Rita Pirolita

Quase nunca tive namorados de Verão que durassem até ao Natal, desde nova a viver sozinha com a pouca família disfuncional que me restava a 400kms de distância, passava esta época bêbeda, enquanto o corpo aguentou!

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub